10ª edição

Estratégias de Marcas Próprias para o Varejo

Publicado em

18/12/2023 15h38

Compartilhe
  • Whatsapp
  • Linkedin

Construindo vantagens competitivas em um mercado em crescimento

A embalagem desempenha um papel de importância no contexto do varejo, exercendo influência direta sobre as decisões de compra dos consumidores. Este artigo tem como proposta analisar a relevância das estratégias de embalagem e, antes de mergulharmos nesse tema, é essencial que compreendamos o cenário do mercado com maior profundidade.

Por que investir em Marcas Próprias?

Investir em Marcas Próprias oferece diversas vantagens estratégicas. A primeira delas é a oportunidade de se destacar no mercado, criando uma identidade e reforçando a fidelidade dos clientes. Além disso, proporciona um maior controle sobre qualidade e custos, o que tem um impacto direto na margem de lucro. Existem várias razões pelas quais as empresas optam por investir no desenvolvimento de Marcas Próprias – varejistas que precisam aumentar suas margens de lucro, preencher lacunas no sortimento ou fortalecer a lealdade dos consumidores encontram nesse contexto uma excelente oportunidade.

Construindo vantagens competitivas em um mercado em crescimento

No cenário atual, o varejo depende fortemente das grandes indústrias para manter os estoques e atender às demandas dos consumidores. Nesse contexto, as Marcas Próprias oferecem ao varejista a liberdade de moldar sua própria estratégia, conhecendo profundamente seu público e oferecendo produtos exclusivos.

Para os varejistas, as Marcas Próprias representam uma oportunidade de construir a fidelidade do consumidor baseada na oferta de produtos de alta qualidade. Isso resulta em mais visitas às lojas, uma vez que esses produtos são exclusivos de determinadas redes. Além disso, as Marcas Próprias são lucrativas, pois demandam menos investimento em marketing, garantindo margens melhores para os varejistas. A capacidade de negociar diretamente com a indústria e abranger praticamente todas as categorias de consumo confere uma vantagem competitiva. A supervisão de todo o processo de desenvolvimento de produtos, garantindo qualidade desde a fabricação até o pós-venda, é uma das chaves do sucesso. Não é surpresa que as principais redes de varejo do mundo, como Kroger, Carrefour e Target, considerem as Marcas Próprias como um pilar estratégico de seus negócios.

O Poder das estratégias de embalagem e a evolução do comportamento do consumidor

O mercado das Marcas Próprias está experimentando um notável crescimento e registrou um aumento de 12% em 2023, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização (ABMAPRO). Esse avanço é impulsionado pela crescente demanda por produtos exclusivos que estejam em perfeita sintonia com os valores individuais dos consumidores. Cada vez mais, os compradores estão dispostos a experimentar essas marcas desde que garantam qualidade e inovação.

No entanto, além da qualidade, existem outras estratégias essenciais que desempenham um papel fundamental na construção da competitividade das Marcas Próprias. Um dos fatores chave é a diversificação, visto que as Marcas Próprias ainda não estão presentes em aproximadamente 35% das categorias de produtos, de acordo com dados da Scantech. A manutenção de preços competitivos é outro aspecto crucial para conquistar e fidelizar o cliente. A exposição nas gôndolas,  trazendo melhor visibilidade, é fundamental. Embalagens atrativas que incentivam a experimentação também fazem parte da estratégia. Por fim, um fator determinante na diferenciação das Marcas Próprias no mercado é a criação de uma marca com personalidade consistente e propósito, que alinhe a intenção estratégica com a identidade visual.

Estratégia de MP voltada ao consumidor.

O comportamento do consumidor passou por mudanças significativas nos últimos anos, com uma busca crescente por marcas autênticas que ressoem seus valores individuais. Estatísticas apontam que 87% dos consumidores desejam uma conexão mais profunda com as marcas, e 78% associam a qualidade do varejista à presença de Marcas Próprias (Mintel_2024_Global_Consumer_Trends).

Em resumo, as Marcas Próprias oferecem uma oportunidade única para os varejistas moldarem sua estratégia, construírem confiança, fidelizarem os clientes e prosperarem em um mercado dinâmico.

A embalagem desempenha um papel crucial nessa jornada, sendo uma ferramenta poderosa para branding, envolvimento do consumidor e práticas sustentáveis. À medida que o cenário varejista continua a evoluir, manter-se atualizado com as tendências e inovações em embalagens é essencial para o sucesso a longo prazo.

Sobre a autora:

Maíra Xavier, Diretora Criativa de Marcas Próprias