10ª edição

Inovação e tradição de mãos dadas

Publicado em

12/12/2023 10h51

Compartilhe
  • Whatsapp
  • Linkedin

Compromisso com consumidor e parceria com varejo são princípios da Raymundo da Fonte

Na interseção entre um legado já consolidado e um futuro repleto de novas soluções, as Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte emergem como um exemplo de como a diversificação pode ser a chave para o sucesso duradouro, com fidelidade do consumidor final e aproximação dos varejistas.

Conversamos com Renata Carvalho, uma das mentes por trás destas estratégias de mercado, tratando desde a liderança em produtos de limpeza até a relação com os pontos de venda.

Confira a entrevista na íntegra:

Nosso Meio (NM): As Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte têm um portfólio diversificado, abrangendo condimentos, produtos de higiene pessoal, limpeza doméstica e inseticidas. Como vocês conseguem manter uma presença tão forte em diferentes segmentos? Quais são os desafios e benefícios dessa diversificação?

Renata Carvalho (RC): Essa diversificação nos permite atingir um público mais amplo e atender diversas necessidades dos consumidores. Dessa forma, conseguimos estar presentes em diferentes segmentos e nos destacar como uma empresa completa e confiável, seguindo nossa missão de contribuir para que as pessoas tenham uma vida melhor, com bons hábitos de higiene pessoal e do lar, levando mais sabor ao dia a dia do povo brasileiro.

Para isso, nos comprometemos em trabalhar com foco em qualidade, segurança e resultado. Valorizamos as pessoas, agindo com integridade e retidão, tudo de uma forma muito simples e prática. Aí está a essência da nossa longevidade e credibilidade, como uma empresa firme e segura.

Superamos os desafios da diversificação por meio de uma estrutura organizacional especializada, campanhas de marketing eficazes e investimento em inovação. Também nos concentramos na qualidade dos produtos e preços acessíveis, o que contribui para a fidelização dos consumidores.

NM: A empresa tem marcas líderes em eficiência e resultados. Pode compartilhar conosco alguns dos principais destaques em seu portfólio e o que as torna tão bem-sucedidas no mercado?

RC: Acreditamos que a forte relação que temos com os nossos consumidores, construída ao longo de décadas, credencia e consolida as nossas marcas. Estamos presentes no dia a dia de milhares de famílias como sinônimo de qualidade e tradição. Seguimos investindo em tecnologia e entregando qualidade e custo-benefício para manter essa fidelidade. 

Alguns dos principais destaques do portfólio da empresa são:

A Brilux é uma das principais marcas da empresa e é líder na região Norte-Nordeste em produtos de limpeza. Com mais de 100 itens, incluindo água sanitária, lava-louças, desinfetante, limpador multiuso e lava-roupas, a Brilux é reconhecida pela qualidade e tradição no segmento de produtos de limpeza doméstica.

A Minhoto é outra marca líder da Indústria Raymundo da Fonte, especializada em condimentos. Líder na região Norte-Nordeste, a Minhoto oferece uma linha completa de vinagres, incluindo vinagre de maçã, vinho tinto, vinho branco, álcool, além de vinagres saborizados de alho e limão. A marca também possui molhos inglês, de pimenta, shoyu, mostarda e ketchup em seu portfólio.

A marca Even é especializada em produtos de higiene pessoal, como creme dental, gel dental adulto e infantil, antisséptico e escova dental. Com uma linha de excelente custo-benefício, a Even busca proporcionar qualidade de vida e saúde para as pessoas.

A marca Sonho é líder de vendas na região Norte-Nordeste e oferece uma variedade de produtos para cuidados com as roupas. Isso inclui amaciante diluído, amaciante concentrado, lava-roupas líquido e passa-roupas, além de uma linha especial para roupas finas e delicadas. A marca destaca-se por seu compromisso em proporcionar perfumação e maciez para as roupas dos consumidores.

Essas marcas têm alcançado sucesso no mercado devido à sua qualidade, confiabilidade, relação de longo prazo com os consumidores e capacidade de atender às necessidades dos clientes em seus respectivos segmentos.

NM: A Raymundo da Fonte possui um histórico de mais de sete décadas no mercado. Como vocês se adaptam às mudanças no comportamento do consumidor e nas tendências da indústria para permanecerem relevantes?

RC: Cada vez mais o consumidor procura algo que lhe traga praticidade, facilidade e agilidade. A Raymundo da Fonte segue com seu compromisso de sempre oferecer o melhor para o consumidor, investindo continuamente em pesquisa e inovação. O grupo utiliza no seu parque industrial a mais avançada tecnologia nacional e de outros países, garantindo o alto padrão de qualidade na produção do seu portfólio.

Além disso, também buscamos estar presente nos canais de comunicação e mídias sociais, onde os consumidores estão cada vez mais ativos, a fim de entender melhor suas necessidades e expectativas. Isso permite que a empresa se comunique de forma mais eficaz com seu público-alvo e esteja sempre atualizada sobre as mudanças no comportamento do consumidor.

NM: A questão da sustentabilidade e da responsabilidade social tem se tornado cada vez mais importante no setor industrial. Quais são as iniciativas da Raymundo da Fonte nesse sentido? Como a empresa contribui para a redução de seu impacto ambiental?

RC: A Raymundo da Fonte possui diversas iniciativas em sustentabilidade e responsabilidade social. A empresa firmou parceria com a EuReciclo, líder em assessoria tecnológica para reciclagem, para destinar embalagens para reciclagem. Além disso, a empresa adotou o modelo de compensação ambiental para garantir que no mínimo 22% de suas embalagens sejam recicladas, reduzindo assim o impacto ambiental dos resíduos. Todos os produtos da empresa recebem o selo EuReciclo, que atesta seu compromisso com o meio ambiente e a responsabilidade social.

Outro projeto importante é o “Todo Mundo Pode Aprender”, desenvolvido pela Minhoto, que promove o incentivo à leitura e escrita para estudantes do programa EJA por meio de aulas de culinária. O projeto já foi realizado em Pernambuco e na Bahia e será implementado na Paraíba. O objetivo é ajudar esses alunos a empreender e ampliar suas fontes de renda, abrindo novas perspectivas profissionais. O projeto recebeu três prêmios de ouro no Prêmio Colunistas deste ano.

Além disso, a empresa criou a Indústria do Conhecimento em parceria com o SESI, que oferece cursos de informática, biblioteca e acesso à internet para a comunidade. Desde 2017, cerca de 55 mil pessoas já foram beneficiadas por essas iniciativas.

NM: A relação entre indústria e varejo desempenha um papel crucial no sucesso de ambas as partes. Como as Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte abordam a colaboração com os varejistas para garantir que seus produtos alcancem os consumidores de forma eficaz?

RC: Temos uma construção de parceria duradoura com a rede varejista, na qual aplicamos a escuta ativa para entender as necessidades dos nossos clientes e poder atendê-los da melhor forma. Afinal, como o fundador da empresa, Dr. Raymundo, dizia: que o ‘negócio só é bom, quando é bom para os dois lados’. Esse é um legado que está no nosso dia a dia.

NM: A diversificação de produtos da empresa, incluindo condimentos, higiene pessoal e inseticidas, sugere uma ampla gama de públicos-alvo. Como vocês identificam e atendem às necessidades específicas de cada mercado, considerando as características e expectativas dos consumidores?

RC: Estamos sempre atentos às tendências de mercado, seja ela uma nova fragrância, produto ou design.  E avaliamos isso através de estudos de análise de mercado e pesquisas para entender melhor as necessidades e dores dos consumidores.

NM: Olhando para o futuro, quais são os planos e estratégias da empresa para continuar crescendo? Existem novos produtos ou segmentos que a Raymundo da Fonte planeja explorar?

RC: Estamos sempre acompanhando as movimentações de mercado e atentos para capturar oportunidades que façam sentido ao nosso negócio. Em fevereiro deste ano, concluímos a aquisição da Iplasa Indústria e Comércio, proprietária da marca Candura – líder no segmento de limpeza doméstica no interior de São Paulo.