Artigos

O Dia do Trabalho também é delas

Por Redação

03/05/2024 09h11

Compartilhe
  • Whatsapp
  • Linkedin

O Dia do Trabalho é celebrado anualmente em 1º de maio em diversos países. A data surgiu a partir de protestos de operários nos Estados Unidos em 1886, que ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket e reivindicavam a redução da jornada diária de trabalho. Aqui no Brasil, a data é comemorada desde 1925, após um decreto do presidente Arthur Bernardes. Desde então, grandes transformações têm ocorrido no mercado de trabalho, incluindo a participação – crescente − das mulheres.

No último mês de março, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) apresentou o estudo inédito “Mulheres no Mercado de Trabalho no Brasil” que mostrou que a participação das mulheres em cargos de liderança passou de 35,7% em 2013 para 39,1% em 2023. O levantamento foi feito a partir dos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os números mostram também que as mulheres estudaram mais tempo do que os homens. Segundo a pesquisa, elas estudaram 12 anos, em média, enquanto os homens fizeram isso por 10,7 anos, em média. Mas, apesar do maior tempo de formação, as mulheres ainda enfrentam dificuldades para terem maior representatividade em cargos de liderança. Historicamente, vários setores industriais, como a indústria pesada e a construção civil, entre outros, tiveram a predominância de homens nos postos de trabalho, seja nas fábricas ou na alta liderança – o que não significa que precisa continuar assim.

As empresas são parte da sociedade e, na Votorantim Cimentos, compreendemos que além de um papel fundamental na promoção da diversidade e da inclusão, precisamos agir no combate à desigualdade de oportunidades. Acreditamos que são as pessoas que fazem a diferença e garantem nosso sucesso contínuo e a evolução de nossa cultura. Respeitamos e incentivamos ideias, opiniões e identidades diferentes e as vemos como fortaleza porque queremos acolher e valorizar a diversidade em todas as suas formas, independentemente de gênero, cor, idade, orientação sexual ou religião.

Na busca pela excelência operacional, estamos constantemente fortalecendo nossa atuação. Para nos apoiar nessa evolução, estabelecemos compromissos de sustentabilidade para 2030. Dentre esses comprometimentos tão relevantes para o setor e para a sociedade, assumimos o objetivo de atingir 25% de mulheres em cargos de liderança globalmente e 30% no Brasil.

A representatividade feminina em cargos de liderança é importante para servir de exemplo e empoderar outras mulheres a seguirem pelo mesmo caminho. Desde 2020, a presença de mulheres nas diferentes esferas de governança da companhia tem aumentado. Estamos muito bem representadas na diretoria executiva, no Conselho de Administração, no Comitê de Auditoria, no Comitê de Sustentabilidade e Inovação, no Comitê de Finanças e no Comitê de Remuneração e Pessoas.

Olhando para o médio prazo, um dos nossos esforços em 2023 foi impulsionar ações que buscavam acelerar o desenvolvimento de pessoas de grupos diversos. Nossas mulheres líderes contam, hoje, com duas iniciativas. Um deles é o Lidera VC, voltado a quem está na posição de primeira liderança. Lançado em 2020, já contou com a participação de mais de 250 mulheres. É um programa que aborda diferentes temáticas a partir da perspectiva de gênero e inclusão, como estereótipos de gênero, negociação, liderança inclusiva, liderança estratégica e imagem profissional.

Outra iniciativa é o Clube de Liderança Feminina, focado naquelas que ocupam posição de média e alta liderança. Além disso, em março, mês das mulheres, desdobramos a iniciativa DesenvolvElas com aulas de habilidades interpessoais oferecidas especialmente para nossas empregadas.

Em uma ação interseccional entre raça e gênero, desenvolvemos a segunda turma do Programa de Mentoria para Mulheres Negras no Brasil. Ao longo do ano passado, contamos com 23 mentoras e mentoradas trabalhando juntas com foco no desenvolvimento profissional dessas mulheres autodeclaradas pretas e pardas e que estão nas posições de analista júnior até coordenadora.

Diversidade e Inclusão é um pilar essencial da nossa cultura, do Nosso Jeito VC. Por isso, investimos de maneira significativa no treinamento e desenvolvimento de nossas equipes, com especial atenção para a preparação aprimorada, o entendimento e o engajamento dos líderes. São ações que também trazem benefícios para a empresa, pois quanto mais diverso for o nosso time, maior a chance de um conhecimento amplo, maior a criatividade e o potencial de inovar.

Como mulher atuando em um cargo de liderança na indústria, me incluo como parte da mudança ainda necessária e anseio que em um futuro – que seja logo e não distante – o tema igualdade de gênero possa ser tão celebrado quanto o Dia do Trabalho.

Cinthia Bossi

Diretora global de Gente, Gestão e Comunicação da Votorantim Cimentos