10ª edição

Tendências de Mídia de 2024

Publicado em

18/12/2023 09h16

Compartilhe
  • Whatsapp
  • Linkedin

A Inteligência Artificial generativa assume o centro do palco

A Dentsu, empresa global em soluções de marketing e comunicação, anuncia o lançamento do relatório anual Dentsu Media Trends 2024, oferecendo uma visão sobre as tendências que moldarão o cenário da mídia no próximo ano, dentre eles estão a IA Generativa, a intensificação da concorrência entre as plataformas de tecnologia e as contribuições sustentáveis das marcas para a sociedade. O título sugere uma revolução iminente: “O Ritmo do Progresso: Dentsu 2024 Media Trends”. 

A principal descoberta do relatório é a ascensão da Inteligência Artificial Generativa (IA Generativa), destacada como o avanço tecnológico mais significativo da última década. Com mais de 60% dos profissionais de marketing já engajados, a IA Generativa está pronta para assumir o centro do palco nos próximos meses e anos. Da pesquisa à criatividade, ao planejamento e à produção de mídia, a IA generativa leva a eficácia da mídia a novos patamares.

Segundo a pesquisa, o ano de 2024 será marcado pela intensificação da concorrência entre as plataformas de tecnologia. À medida que se esforçarem para monetizar melhor seus serviços em suas circunstâncias econômicas, as plataformas dobrarão o esforço para proteger mais seus dados, entender seus usuários e aumentar suas ofertas de publicidade.

●      Tendência 1 – Ascensão da pesquisa generativa: A IA generativa transformará a forma como as pessoas acessam as informações, desde os mecanismos de pesquisa até as plataformas de commerce.

●      Tendência 2 – Criatividade reimaginada: O aumento da criatividade humana por meio da IA generativa em áreas como conteúdo e redação, bem como desenvolvimento de imagens.

●      Tendência 3 – Otimizações generativas: Aproveitamento da IA generativa para simplificar a produção, a segmentação e a eficácia da publicidade em escala e ritmo.

●      Tendência 4 – Um mundo de aplicativos semelhantes: À medida que as plataformas se tornam cada vez mais semelhantes, atrair a atenção do público nunca foi tão importante para as marcas.

●      Tendência 5 – De ecossistemas fechados a mais restritos ainda: As plataformas têm uma postura mais defensiva em relação aos seus dados, o que abre a questão mais ampla do delicado equilíbrio entre proteção e capacidade de descoberta.

●      Tendência 6 – A reorientação da identidade: Uma duplicação na inteligência de pessoas por plataformas de mídia à medida que os cookies de terceiros se aproximam do fim da linha.

●      Tendência 7 – Mais anúncios para mais retorno: Expansão da publicidade em novas áreas para a maioria das plataformas, com novos formatos, oportunidades – e riscos – surgindo como resultado.

●  Tendência 8 – As novas faces do crescimento: Com o consumo de mídia se tornando cada vez mais diversificado e pessoal, as marcas devem se adaptar para refletir as necessidades e as identidades dos públicos e permanecer relevantes.

●      Tendência 9 – Mais seguro, melhor, mais rápido, mais forte: Em meio a um cenário digital em rápida evolução, novos desenvolvimentos na garantia da marca visam criar ambientes mais seguros tanto para as pessoas quanto para as marcas.

●      Tendência 10 – Mais atenção, menos emissões: À medida que as marcas implementam estratégias de eficiência de mídia de carbono, a otimização da atenção deve levar à descarbonização por meio de um impacto otimizado e aprimorado.